Existe uma alternativa melhor do que usar emulador no Android?

virtualbox

Sim, isso é possível.
O emulador para Android tem vários bugs tais como: perda de configuração, lentidão para testes, travamentos inesperados dentre outros. Aí vem o fulano e diz, tem que usar o “device”, não tem como usar outra coisa.
Eu mesmo já pensei dessa forma até o dia de ontem.

Quem gosta de atrasar um cronograma de desenvolvimento por causa de emulador?
Felizmente a Google fornece uma linguagem, que no meu ponto, excelente, pois aumenta e muito a produtividade do pessoal que já está acostumado a trabalhar com Java, por outro lado, continua com esse emulador que parece evoluir a passos lentos.

Talvez não tenham interesse em disponibilizar algo mais “usável” aos desenvolvedores, outra estratégia de venda de dispositivos. Nós, não temos condição de ficar comprando vários dispositivos somente para uso nos testes de nossas aplicações.
Então, como posso fazer de uma forma mais rápida?
Já digo de antemão, a forma que irei descrever abaixo funciona com processadores de número igual ou maior de 4 núcleos.
Testei em algumas com dois núcleos e está tão lento quanto o emulador. A vantagem nesses casos com 2 núcleos, configurar uma única vez e inicializar sempre do mesmo modo, mesma configuração e outros.

Vamos aos passos: Antes de mais nada, os requisitos são a instalação(setup) do Oracle Virtual Machine e da Android ISO.

Realize a instalação do Oracle Virtualbox no processo, next, next e finish.

O tutorial para instalação da Android ISO.

Após esses passos serem realizados com sucesso, abra um terminal de prompt de comando.
Entre no diretório de instalação do VirtualBox.
No Windows, execute: cd /d C:\Program Files\Oracle\VirtualBox
Aperta a tecla ENTER

VBoxManage.exe setextradata "Android ICS" "CustomVideoMode1" "540x960x16"

A resolução informada no último parâmetro deverá ser a desejada, eu utilizei 549×960.
No VirtualBox, inicialize a VM;
Ao entrar na tela de escolha do SO, no GRUB, aperte a tecla a;
Na próxima tela, digite espaço e adiciona vga=ask, aperte a tecla ENTER;
Procura a resoluçao desejada e digite-a.
Você deve digitar o valor de hexdecimal transformado para decimal(por exemplo 360 hex é 864 em decimal).
Pronto, a sua VM será inicializada na configuração escolhida.

Para sempre incializar a com a configuração desejada.
Selecione no GRUB menu “Debug Mode”
Vá ao diretório /mnt/grub
Abra no vi o menu.lst

vi menu.lst

Adicione vga=864 a linha:

kernel /android-2.3-RC1/kernel quiet root=/dev/ram0 androidboot_hardware=eeepc acpi_sleep=s3_bios,s3_mode DPI=160 UVESA_MODE=320x480 SRC=/android-2.3-RC1 SDCARD=/data/sdcard.img vga=864

Salve o arquivo:

:wq

Desmonte a unidade:

mount -o remount,rw /mnt

Reinicialize a WM:

cd /
umount /mnt
reboot -f

Inicialize a VM do Android ICS, abra o terminal e digite:

ip a

Obtenha o endereço IP para realizar a conexão com seu adb.
Abra o ADB do Android, em minha máquina está no diretório \sdk\platform-tools
No prompt de comando, execute:

adb connect <ENDEREÇO IP OBTIDO NO ANDROID ICS>

Abra sua ferramente de desenvolvimento e automaticamente será reconhecido a VM como um dispositivo, semelhante ao emulador.

No VirtualBox é possível Exportar e Importar as configurações da VM, gerando um arquivo de extensão .ova.
Utilize essa opção se deseja realizar desenvolvimento e testes em mais de uma máquina, utilizei e funciona perfeitamente.

Abraços,
André Rezende

Anúncios